domingo, 29 de maio de 2011

III) O Bacalhau

Bem, pelo título já da para imaginar o que aconteceu com 1,310 kg de lombo do Cod Gadus Morhua.

Normalmente utilizo o lombo dessalgado e congelado. Dessa vez resolvi utilizar o lombo, sem pele e sem espinhas, porém salgado, comprado noutro dia num armazém da Rua Santa Rosa, próximo ao Mercadão de São paulo.

Resolvi por conta própria ignorar a tabelinha do encarte da NORGE - tem tmabém no site deles - para o dessalga do bacalhau onde consta a relação de tempo da dessalga x tipo (desfiado, postas normais, postas grossas ou postas muito grossas). No caso a recomendação era de 48h, troca de água a cada seis horas, gelo, e muito tempo disponível.

A vontade de comer o bacalhau era tanta que resolvi dessalgar conforme minha inteligência mandava.

Coloquei as postas num escorredor de arroz dentro de um "bol" e mandei pra debaixo da torneira.

Ainda bem que aqui em casa a água vem do poço artesiano. Ficou na água corrente das 12h às 18h - lí em algum lugar que em Portugal o bacalhau é colocado dentro de um "engradado tipo peneira" e colocado na correnteza do rio para a dessalga - achei que 6h seria um bom tempo prar tirar o sal do bacalhau.

Sequei bem as postas, montei num "pirex" as rodelas de batatas, lombo, alho laminado, pinoles, ovos, tomate cereja e banhei com bastante azeite. Mandei pro forno.

Depois de pronto tiramos algumas fotos - * no final - para o blog e levei para meus convidados/cobaias (Foz, Ivana, Rita, Bruna, Marcelo, Mazé e eu).

A primeira a desistir foi a Mazé (minha querida esposa), sempre com pressão acima dos 14 resolveu que era melhor ficar só no arroz, os outros comeram, menos a Bruna que não come nenhum tipo de peixe - só o atum não é peixe, segundo o rótulo "Atum Coqueiro" vem do coqueiro portanto não é peixe !!!! - e o Foz, que não come bacalhau.

Tomei água a durante toda a noite e o Marcelo, liguei pra ele agora e falou a mesma coisa, a Ivana não sei se está viva e a Rita sobreviveu ao sal.

Daí conluí que no meu caso vou continuar comprando o lombo de bacalhau dessalgado, é mais prático, rápido para fazer, e nunca mais vou errar no sal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário !