segunda-feira, 30 de maio de 2011

IV) Minhas sinceras desculpas

Fiquei pensando durante todo o dia de hoje naquele bacalhau salgadíssimo, fui trabalhar chateado, mas o dia passou.

Cheguei em casa e aquela sopa de cenouras da Vitória - nossa sercetária do lar há pelo menos 21 anos - não me agradou.

Abri o armário, localizei aquele arbório e pronto já imaginei ele no prato, mas com o quê !.

Repousando na geladeira estavam um pacote de rúcula pronta por consumo e um potinho de uns 150 gr de tomate seco.

Pronto ! abri o vinho branco, refoguei a rúcula e o tomate seco no alho (aquele tempero pronto), fiz um caldo de legumes - não tinha muito o que pensar, foi um Knor de potinho mesmo e porque não - peguei minha Wok velhinha, esquentei o azeite, fritei o arbóreo e mandei o vinho branco em cima deles.

Cada vez que o líquido evaporava colocava mais um concha do caldo de legumes, e assim até ele ficar quase al dente.

Na última concha joguei o refogado, mexendo sempre até quase secar, coloquei pedaços de manteiga gelada, a pimenta do reino moida na hora, e o parmesão.

Chamei minha família, para a degustação.

Ufa! Acho que consegui me desulpar pelo bacalhau do sábado. O elogio foi muito bom.

Ah ! vejam as fotos do Risoto de rúcula com tomate seco.

Até o próximo prato, bjs.



Um comentário:

  1. Huummm, a cara está muito boa!!! Acho que o pessoal te desculpou!!! Vou passar aqui sempre pra conhecer receitinhas novas. Até mais!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário !