quarta-feira, 29 de junho de 2011

VI) Chile - 11/junho/2011 a 24/junho/2011

Deixei de postar nas duas últimas semanas, porque estávamos viajando – Bruna, Mazé e eu – e o computador e o Wi-Fi do Hotel eram ruins e muito concorridos.
Estivemos no Chile de 11 a 24 de junho, mais precisamente em Santiago. Vou tentar, com a ajuda da Bruna, resumir nosso roteiro.
A maioria dos passeios fizemos por conta própria e outros utilizamos o serviço da Sousa´s Tour (http://www.sousastour.cl/), da Jalila, Jaqueline e Juliana – brasileiras, residentes em Santiago, proprietárias de uma empresa de turismo dedicada ao atendimento de brasileiros no Chile.

Chegada em Santiago, lá pelas 11 da manhã, utilizamos o transfer da Jalila do aeroporto até o Hotel Panamericano, localizado na Calle Teatinos, 320.Preço do transfer CHP 16.000,00 em R$ 59,26.
Dicas:
a)   Troque o dinheiro nas casas de câmbio localizadas na Calle Agustinas – Centro. Não vale a pena trocar no Brasil. Durante nossa estada em Santiago o peso chileno (CHP) oscilou entre 268,00 e 274,00 pesos para R$ 1,00.
b)   Se for fazer algum passeio, consulte a Jalila, pelo e-mail info@sousastour.cl ou pelo celular 56 09 8723-5630 ou Nextel 56*145*4314. Os preços e a qualidade dos serviços são imbatíveis. Pode comparar.
c)   Para ligar do Brasil para o Chile utilize 0 41 56 9 9999-9999 (zero, operadora, código do país, cidade, número do telefone).
d)   No táxi sempre peça uma idéia de preço que vai dar pelo percurso antes de entrar no automóvel.
e)   Para o transporte público, compre um cartão de acesso, chamado "BIP!" e carregue com o valor desejado - ele serve para ônibus e metrô. O metrô tem preços diferenciados para os diferentes horários e dias da semana.
f)    Procure ficar hospedado no centro. As linhas de metrô de Santiago servem boa parte dos bairros além de ser muito limpo, rápido e seguro.
g)   Os melhores mapas da cidade são o “Santiago City Map” da editora De Dios, que pode ser comprado aqui no Brasil, na livraria Saraiva, ou o “mapinha vermelho” que você encontra em qualquer recepção de Hotel.
h)   Cuidado com a tentação de roupas na primeira loja que encontrar. Em relação ao Brasil, a roupa no Chile é muito barata.
Você vai estranhar:
a)   A quantidade de cachorros abandonados.
b)   Qualquer compra você recebe nota-fiscal.
c)   A conta do restaurante sempre vem sem os 10%.
d)   Atendimento demorado em qualquer bar, café ou restaurante.
e)   O pedestre é respeitado em qualquer situação.
f)    Só existe um imposto no Chile – o IVA, que corresponde a 19%.
g)   É proibido andar pelas ruas bebendo qualquer bebida alcoólica.
h)   Povo é educado.
i)    Cidade é limpa.
j)   As frutas, verduras e legumes são enormes e muito saborosos!
Para os restaurantes, vou usar as legendas abaixo para classificá-los conforme nossa avaliação (Zé, Bruna, Mazé), lembrando que essa é uma avaliação subjetiva. Todos os preços divulgados, incluem os 10% do serviço.
Excelente JJJJJ   Ótimo JJJJ   Bom JJJ   Regular JJ   Ruim J
Preço(R$)   $$$$  acima 150   $$$ 100/149   $$ 50/99   $ até R$ 49  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário !