domingo, 10 de julho de 2011

XII) Chile - 16/junho/2011, quinta-feira, 6º dia

Hoje nós vamos fazer um passeio com a Sousas Tour, Algarrobo, Isla Negra e Pomaire.

Valor do passeio: CHP 25.700,00 ou R$ 95,00 por pessoa
Na estrada, caminho para Algarrobo, fizemos nossa primeira parada numa barraca de estrada para experimentar o "dulce millahue" ou também conhecido como pastel mlahue, o doce típico do Chile feito de manjar (doce de leite), massa folhada e merengue.

Experimentamos a chicha, uma bebida gasosa que fica entre o vinho e o suco de uva, feita de uva.


Nossa próxima parada foi na vinícola Veramonte, no vale de Casablanca. Na loja da vinícola comprei uma pimenta muito utilizada em todo o Chile o Aji Merken uma pimenta vermelha desidratada e moida, defumada, tipica mapuche, uma das melhores pimentas que já experimentei, combina com tudo, muito saborosa.

Fachada da vinícola Veramonte

Fachada da vinícola Veramonte

Pé de azeitona chilena

Da vinícola Veramonte, fomos para Algarrobo visitar o Resort San Alfonso del Mar onde tem a maior piscina do mundo com 1 km de comprimento por 175 metros de largura e aproximadamente 250 mil metros cúbicos de água salgada e praia artificial. A piscina estava vazia para manutenção. Não deixe de espiar o site do resort para ter uma idéia da piscina em funcionamento. <clique aqui>

Resort San Alfonso del Mar

Nosso próximo destino: Isla Negra, a 120 km de Santiago, uma visita à casa/museu que o poeta Neruda dedicou à Matilde Urrutia, sua terceira mulher. A casa internamente lembra um barco e tem vista, de todos os cômodos, para o mar.

A casa está recheada de lembranças e objetos trazidos pelo casal de diversas partes do mundo e outros recebidos como presentes. O comandante era  Neruda e suas visitas os tripulantes. Tem várias garrafas coloridas, barcos dentro de garrafinhas, insetos, são muitas coisas interessantes. Ele não se considerava um colecionador, mas um "coisista".

De Isla Negra, seguimos para Pomaire. A principal característica de Pomaire é o artesanato em argila. Na rua principal da cidade, Calle Roberto Bravo, existem várias lojas de artesanato e alguns restaurantes típicos. Escolhemos Los Naranjos o para almoçar.
  
 Calle Roto Chilno - rua dos artesanatos

O restaurante

Vista interna do restaurante

Vista interna do restaurante
 
Vista interna do restaurante

Molhinho a base de aji, alho e coentro

Soaipillas - pãozinho frito de abóbora

Empanada de forno (500gr) - carne, azeitona, ovo, cebola e uva passa

 Cerdo a lo pobre - o meu pedido.

A garçonete disse que era carne de pernil acompanhada de dois ovos fritos e batatas frita. Ela não mentiu, veio um pernil de verdade de mais ou menos 1,5 kg. A carne era cozida e não assada e estava, em algumas partes, gelada. Como se vê na foto, o pernil estava envolto com a pele. O que me salvou foram os ovos e as fritas.

  
Ze: Cerdo a lo probre
Mazé: Lomo a lo pobre
Bruna: Empanada de carne e um lomo a lo pobre
Bebidas: Suco de laranja com banana, suco de morango e refrigerante
 
Preço: CHP 25.500,00 ou R$ 94,50 para 3 pessoas
Atendimento JJJJ   Comida JJJ   Ambiente JJJJJ   Preço $$

De Pomaire, voltamos à Santiago e fomos se preparar para o jantar no restaurante Astride & Gaston, de culinária peruana. Pegamos o metro na estação La Moneda e descemos na estação Pedro de Valdívia. Pela Avenida 11 de Septiembre chegamos na Calle Antonio Bellet, 201 onde fica o restaurante.
O restaurante tem unidades pela América e Espanha, além de muito bem montado e com serviço impecável.
O salmão que pedimos estava bem ao ponto (só uma pasadinha de cada lado na manteiga) e a Mazé não consegui comer.
Detalhe, o prato da Mazé não foi cobrado ! 

 Salmão Puerto Montt com quinua

Filet Salteado à Tradição
  
Ze: Salmão Puerto Montt com quinua
Mazé: Salmão Montt com quinua
Bruna: Filet Salteado à tradição com papas fritas
Bebidas: Água e vinho Sauvignon Blanc Nimbus 2010
 
Preço: CHP 48.000,00 ou R$ 178,00 para 2 pessoas
Atendimento JJJJJ   Comida JJJJJ   Ambiente JJJJJJ   Preço $$$$

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário !