terça-feira, 15 de novembro de 2011

Fettuccine Alfredo - 11/nov/2011



Receita simples, rápida e saborosa - somente manteiga, queijo e massa !


A História

Em 1910, Alfredo di Lelio inaugurou um pequeno Bistrô em Roma: O "L’Originale Alfredo di Roma Ristorante"  - A pequena casa logo agradou os fregueses habituais, pela qualidade de sua comida! Porém, um fato iria marcar para sempre a história do pequeno restaurante e colocá-lo dentro da história da Gastronomia mundial. Quando Inês, esposa de Di Lelio, deu a luz ao seu primogênito, este preocupado com a falta de apetite da esposa, cozinhou Fettuccine e serviu apenas com Manteiga e Parmeggianno ralado. Pronto, estava criado um dos molhos mais famosos para macarrão de todos os tempos. Logo incorporado ao cardápio do Bistrô, o prato começou a ganhar fama. O auge ocorreu quando Mary Pickford e  Douglas Fairbanks, estrelas do Cinema mudo, em Lua de Mel em Roma, encantados com o prato, presentearam a casa com um garfo e uma colher de ouro. Até hoje é privilégio de quem janta no Alfredo, em Roma, o mais idoso na mesa utilizar os talheres em ouro. 
Texto extraído do site Oba Gastronomia




Os Ingredientes:
500g Massa (Fettuccine verde Paganini - grano duro)
200g Manteiga salgada (President com sal)
200g Queijo Parmesão, ralado grosso.
Na falta do Parmesão usar queijo tipo Grana
Sal e Pimenta do Reino a gosto


O Preparo:
Cozinhar a massa até ficar "al-dente", conforme instruções da embalagem.
Aquecer o prato fundo ou travessa.
Colocar metade da manteiga para derreter com o calor do prato.
Escorrer a massa, jogando um pouco da água em que foi cozida no prato quente.
Juntar o queijo ralado, o resto da manteiga à água (no prato) e misturar para fazer o molho.
Colocar o fettuccine no prato.
Misturar bem. 
Colocar o resto do queijo ralado por cima.


Cheesecake de Amora - 04/nov/2011

Esta receita foi publicada na revista Gosto, edição de número 19 (receita da Patrícia e Michael Brock, proprietários do Atelier de Doces Jean et Marie)


Ingredientes:


Base
1 xícara de chá de bolacha maisena, moída no liquididificador
1/2 xícara de chá de manteiga sem sal
Manteiga para untar

Creme
800 g de cream cheese original Philadelphia
150 g de ricota firme
1 1/2 xícara de chá de açúcar refinado
1/4 xícara chá de farinha de trigo sem fermento
3/4 xícara chá de leite integral
4 ovos grandes ou 5 ovos pequenos
1 pote (170 g) de iogurte integral
1 colher de chá de extrato de baunilha


Molho
1 Pote de geleia de amora (320g) Queensberry
2 Colheres de sopa de limão
6 Colheres de sopa de água mineral

Modo de fazer:
Base
Misturar, com uma espátula ou com a mão, a bolacha triturada com a manteiga derretida.
Forrar o fundo e laterais de uma forma de fundo removível alta com papel alumínio. Untar a forma. Espalhar a mistura de bolacha/manteiga pressionando com uma colher até obter uma mistura compacta. Colocar na geladeira por 30 minutos.

Creme
Utilizar batedeira, sempre, na velocidade baixa.
Esfarelar a ricota com um garfo.
Colocar o cream cheese, a ricota, o açúcar e a farinha de trigo.
Bater até a mistura ficar homogênia.
Acrescentar o leite.
Colocar os ovos, uma a um.
Colocar o extrato de baunilha.
Bater por mais 5 minutos.
Colocar o Creme sobre a Base.


Molho
Misturar a geléia, o limão e a água.
Coar.
Reservar.

Assar
Colocar o cheesecake dentro de uma assadeira com água quente.
Assar em banho-maria em forno médio, pré-aquecido à 140º, até que a superfície começe a dourar (30 a 40 minutos, dependendo do forno).
Gelar o cheesecake por 12 horas.
Desenformar.
Espalhar, grosseiramente, o molho de amora sobre o cheesecake.