terça-feira, 23 de agosto de 2011

Hamburgueria do Sujinho - 22/ago/2011

Lá pelas nove da noite, o Marcelo estava terminando de formatar o micro do meu escritório, configurar nossa rede e a minha fome já estava sinalizando que já tinha passado do horário da refeição noturna. Comentei do Sujinho, restaurante tradicional da região central de São Paulo, também conhecido popularmente como bar das putas - essa região, num passado recente era frequentada pelas moças de vida fácil que se alimentavam no bares e restaurantes da região.

Fomos para a Hamburgueria do Sujinho, na Rua Maceió, 64, encostado ao restaurante do mesmo nome.

Nossa refeição: de entrada pedimos fritas, uma porção generosa de batatas não industrializada, sequinhas, crocantes por fora e macias por dentro. Acompanham duas tigelinhas com os molhos rose e maionese. Peça a pequena, é o suficiente para duas ou três pessoas.

Depois da batatinha se você conseguir, o que foi o nosso caso, peça os lanches. Pedi o tradicional cheese salada de picanha - como sempre sem maionese dentro do sanduiche, somente à parte - tamanho clássico com 160g de carne ao ponto, pois o max é muito grande (250g de carne). O Marcelo optou pelo cheese salada calabresa clássico com a maionese à parte.

A maionese é um caso à parte e de tão saborosa dá para comer de colher. Bem temperada com salsinha e alho, posso afirmar que é melhor que do Burdog, Stopdog  e do Joakins.

Os preços dos sanduiches variam de R$ 12,00 a R$ 23,00 e o grande problema é na hora de pagar a conta !!! O Sujinho não aceita nenhum tipo de cartão seja débito ou crédito, nem ticket ou vale refeição, somente pagamento em dinheiro, aliás essa informação está bem visível em toda a lanchonete. Não esqueça de levar dinheiro vivo !

Hamburgueria do Sujinho
Rua Maceió, 64
Consolação

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Espresso ou Expresso - 22/ago/2011


Não existe a palavra espresso nos dicionários da língua portuguesa, assim como outras palavras utilizadas no nosso dia-a-dia como deleta, logar, bloggar etc. ... .

Então o café é eXpresso ou eSpresso? 

O significado de expresso é rápido. A palavra espresso vem do italiano com o significado de espremido.

Resumindo, o café servido nas cafeterias é espresso - café tirado sob pressão.

domingo, 21 de agosto de 2011

85ª Festa da Achirupita - 20/ago/2011

Como o Sábado de folga da Bruna não poderia terminar em branco, resolvemos conhecer uma das festas mais curiosas da cidade de São Paulo – a Festa da Nossa Senhora da Achiropita.
No Bairro da Bela Vista, a festa acontece nos finais de semana do mês de Agosto entre as Ruas Treze de Maio, São Vicente e Dr. Luis Barreto. Devido a chuva incessante a festa não estava tão cheia, mas nem por isso menos interessante.
Com música italiana alta e animada , várias barraquinhas vendem as especialidades do país da comida – pizza, spaguetti ao sugo, polenta à bolonhesa, sanduíche de calabresa na brasa e a famosíssima fogazza, além dos mais variados doces.
Na opinião da Bruna e do Marcelo, a fogazza da festa é a melhor do mundo! Bem recheada, crocante e feita com massa de pizza tem um preço pra lá de convidativo (veja no final do post).
Apesar de ser uma festa italiana, havia todo o tipo de gente: todas as nacionalidades, etnias e preferências sexuais.  Famílias, casais, crianças, jovens, adultos, idosos, tudo junto e misturado ao som da Tarantella.
Dentro do salão de festas da Igreja da Nossa Senhora da Achiropita há mais comida, além de shows de danças típicas. Entretanto, preferimos ficar na parte externa da festa – na rua – onde garoava bastante e tudo era mais engraçado...
Pudemos presenciar cenas marcantes como japoneses comendo spaguetti no pratinho plástico, embaixo da garoa e segurando um guarda-chuva.
Algumas pessoas seletivas podem achar a festa um pouco brega e estranha, mas nós nos divertimos bastante!
Alguns preços:
·         Sanduíche de calabresa na brasa: R$ 5,00
·         Fogazza de mussarela, tomate e orégano: R$ 5,00
·         Doces em geral: R$ 4,00 cada
·         Água: R$ 2,00
·         Refrigerante: R$ 3,00
·         Cerveja: R$ 3,50
Caso vá de carro é bom saber que os estacionamentos variam de R$ 20,00 a R$ 35,00 – preço único. Cuidado ao escolher o estabelecimento para deixar seu carro, pois no desespero de faturar, algumas garagens ficam com a lotação bem acima do permitido e é fácil encontrar veículos parados nas calçadas.



Bar Buenos Aires - 20/ago/2011

Sábado chuvoso,10:00 da manhã, mas já estava combinado desde ontem, vamos encarar um passeio até Embu das Artes.

Incrível a nossa Cidade Sampa, mesmo no sábado o trânsito continua ruim, além de que errei o caminho, ao invés de pegar a Rodovia Regis Bittencourt pelo bairro do Morumbi, fui pela Morato Coelho. Até o Taboão da Serra estava tudo parado. Depois do Taboão, Embú é logo alí.

Interessante que todas as vezes que estive em Embu sempre foi de domingo, ruas lotadas, gente se  esbarrando entre as barraquinhas, restaurantes e cafés lotados, etc. .... No sábado é muito mais tranquilo, não sei se por ser sábado ou pelo péssimo dia que estava fazendo, mas de qualquer forma voltarei outras vezes, e agora sempre de sábado.

Começamos com um espresso no Café do Ponto. Na rua bem em frente ao café, tem uma barraquinha que vende pães e um delicioso bombocado de banana muito bommm !

Depois de um sobe e desce pelas ruas de Embu veio a fome. Lógico que a primeira coisa que pensei foi num leitão a pururuca. Esse tipo de restaurante que serve comida típica mineira, em Embu é o que não falta. Já tinha um restaurante em mente, mas resolvemos andar mais um pouco.

Surpresa !, passei em frente a um restaurante muito bonitinho que me chamou a atenção, chamei eles para vim ver (Marcelo, Bruna e a Mazé). Foi amor a primeira vista. Um restaurante charmoso, bonito, distante do buruburinho - a Praça de Embu - e com uma comida prá lá de boa, o nome ? - Restaurante Bar Buenos Aires.


A comida: excelentes empanadas; massas e carnes na prancha argentina. Preços: os preços em torno de R$ 60,00 por pessoa. Ah ! mini empanadas para levar pra casa, é só tirar do freezer e esquentar.

Bem, a história dos donos do Restaurente está divulgada no site do Restaurante Bar Buenos Aires. Não deixe de conhecer.










Talharim com molho duo - 19/08/2011

Talharim com Molho Duo foi uma invanção da Bruna.

É um refogado de tomate seco, rúcula e alho com a adição do molho Alfredo.

Usamos o talharim da Adria com ovos. Era a massa que tínhamos no ármario. Gosto mais da massa sem ovos ou seja de grano duro e sempre al dente. A massa com ovos fica sempre meio empapada.

O sabor da mistura do molho Alfredo com o tomate e rúcula ficou bem interessante. Na próxima vez vamos usar uma massa de grano duro.

Molho Alfredo:
500 g Talharim
1/2 Litro de creme de leite fresco
150 g Queijo grano padano ralado ou similar
3 Colheres de chá de pimenta do reino moída na hora
3 Colheres de chá de outro tipo de pimenta em pó (pode ser a calabresa - cuidado diminua para 1 colher de chá)
1/2 colher de chá de noz moscada
Sal a gosto

Coloque tudo numa panela em fogo médio, sempre mexendo, até que o molho fique espesso.

Refogado:
4 Colheres de sopa de azeite
3 Colheres de chá de pasta de alho
150 g de Tomate seco picado
200 g de Rúcula picada

Refogar primeramente o tomate com o alho e logo em seguida colocar a rúcula. Não deixe murchar a rúcula.

Numa tigela colocar o refogado de tomate e rúcula
Colocar o talharim
Colocar o molho Alfredo
Misture e sirva.

domingo, 14 de agosto de 2011

Bacalhau com cebola adocicada - 12/ago/2011




Ingredientes:
2 Lombo de bacalhau (600g) dessalgado
250 de Brócolis
2 Cebolas grandes
20 Lâminas de alho desidratado
2 Colheres de sobremesa de alho frito picado
½ Colher de chá de açafrão
2 Colheres de chá de Karo ou mel
2 Anis estrelado
2 Folhas de louro
6 Batata Holandesa (Asteríx)
200 ml Azeite
1 Colher de sopa de pimenta rosa
2 Colheres de sopa de salsinha

Cebola adocicada
Cortar a cebola em rodelas
Refogar a cebola, o anis estrelado, as folhas de louro, em fogo baixo com a panela tampada até a cebola ficar transparente
Adicionar o açafrão e o karo, mexer e deixar cozinhar por 2 minutos.

Brócolis
Para manter o brócolis bem verde e crocante:
Ferver 1,5 l  de água
Colocar o brócolis na água fervente por 2 minutos
Escorrer
Colocar em uma vasilha com água e bastante gelo para estancar o cozimento, deixar uns 3 minutos, escorrer e reservar.

Bacalhau
Cortar as batatas no comprimento com um centímetro de espessura
Usar um saco de celofane para assados numa forma retangular
Colocar primeiro as batatas, uma ao lado da outra, por cima das batatas os lombos de bacalhau, por cima dos lombos as lâminas de alho desidratado e a salsinha picada.
Regar com o azeite.
Fechar o saco de celofane
Assar em 250 graus até as batatas ficarem macias

Montagem
No centro do prato colocar sobre as batatas o lombo do bacalhau
Nas laterais colocar algumas batatas, de um lado a cebola e do outro o brócolis
Salpicar o brócolis com bastante alho frito picado
Salpicar o bacalhau com a pimenta rosa


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Ceasar Salad - 10/ago/2011

Hoje nosso jantar foi uma salada de entrada e um capeleti de queijo (Vigor) com molho de quatro queijos (Fungini).
Da massa não tem segredo, é só esquentar os dois ingredientes, misturar e servir.
A salada foi a Ceasar Salad com alface americana e escarola. Essa salada deve ser servida gelada. Veja a receita.



Ingredientes:

Folhas:
1 pacote de alface americana lavada 170g
1 pacote de escarola lavada 170g

Molho:
1 colher de chá cheia, de pasta de alho
6 colheres de azeite
5 filés de aliche picadinho
4 colheres de sopa de maionese light
2 colheres de sopa de queijo ralado fino
Pimenta do reino moída na hora

Finalização:
2 colheres de sopa de queijo ralado grosso
100g de croûtons

Preparo:
Rasgar as folhas de alface e da escarola

Em um bol, misturar todos os ingredientes do molho

Numa saladeira colocar as folhas, o molho e misturar.

Acrescentar o queijo ralado, os croutons e servir.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Risoto de Rúcula e queijo Gorgonzola - 08/ago/2011

O risoto que eu mais gosto é o de camarão com fundo de alcachofra, porém não é sempre que dá pra fazer esse risoto, principalmente quando quem vai jantar é a Bruna e o Marcelo. A Bruna gosta do risoto com alcachofra e não gosta de nada que vem do mar, além de ter alergia ao camarão. O Marcelo, por sua vez, detesta fundo de alcachofra, mas adora o camarão. Pensando em agradar os dois resolvi fazer o risoto com tomate seco e rúcula e queijo gorgonzola. Se você gosta de um sabor mais suave pode ser queijo Brie ou Camembert.



Ingredientes:
400g de Arroz Arbóreo ou 2 xícaras de chá
200ml de vinho chardonnay
170g de rúcula
130g de tomate seco
100g de queijo gorgonzola cremoso cortado em cubos
50g de queijo grana padano no ralo grosso
50g de manteiga gelada
8 colheres de sopa de azeite
3 colheres de chá de pasta de alho
2 litros de caldo de legumes (pode ser 2 cubinhos de caldo de legumes knorr)
Pimenta do reino a gosto, moída na hora            

Modo de preparo:
Picar o maço de rúcula - usar as folhas e os talos
Picar o tomate seco
Refogar em 3 colheres de azeite o tomate seco
Acrescentar a rúcula, refogar por mais um minuto (não deixe a rúcula murchar)
Reserve o refogado

Noutra panela, frite o arroz em 5 colheres de azeite por 2 a 3 minutos 
Mexer sempre até o final do preparo
Colocar o vinho, deixe evaporar
Ir acrescentando o caldo a medida que for evaporando
Cozinhe o arroz com a consistência entre duro e al dente
Coloque o refogado no arroz, mexa
Coloque o queijo gorgonzola, mexa
Coloque os pedaços de manteiga, não mexa
Desligue o fogo, tampe a panela por 1 minuto
Salpique a pimenta do reino e o queijo ralado

Sirva.
Rendimento, 3 a 4 pessoas


segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Torta rápida de limão - 01/ago/2011

Essa receita não utiliza forno e quanto maior a quantidade de limão no leite condensado, mais duro/encorpado vai ficar o creme.


Ingredientes
1 pacote de bolacha maizena (170g)
100g manteiga derretida sem sal
2 latas de leite condensado
2 colheres de chá de essência de baunilha
Suco de 5 limões

Triturar a bolacha no liquidificador
Misturar a farinha da bolacha com a manteiga e a essência de baunilha
Forrar uma forma, de fundo removível de 22cm com a massa
Deixar no freezer por 45 minutos



Misturar o leite condensado com o suco de limão até ficar espesso

Colocar o leite condensado sobre a massa
Decorar com raspas de limão
Deixar na geladeira por 3h antes de servir